Após grande revolta, Justiça toma decisão sobre exposição com homem nu - VEJA


Image title

O MAM – Museu de Artes Modernas na cidade de São Paulo, promoveu uma performance, onde um Homem nu aparecia nú e uma menina, de 05 anos, que estava na plateia era convidada para toca-lo. Essa performance causou muitos questionamentos sobre o que é considerado arte, pois esse projeto usa verba financiada pela Lei Rouanet, já que os organizadores do evento podem captar dinheiro de empresas que ficam isentas de pagar impostos do valor igual ao que foi investido.

Como as opiniões ficaram divididas sobre a apresentação, a Justiça acabou tendo que tomar uma posição. Sérgio Sá Leitão,Ministro da Cultura, ele assume em uma conversa com a bancada evangélica, que essa performance pode ter desrespeitado as regras do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), pois infringiram o uma das regras de que as artes devem respeitar as classificação indicativa de idade, e estando com os pais ou responsáveis, será aberto uma ação judicial.

Segundo o ministro a exposição feriu o ECA, ele disse que não deixaria seus filhos irem a esse tipo de apresentação, disse que cabe aos pais decidir se querem ou não levar os filhos, desde que respeitem a classificação indicativa de idade. A bancada evangélica pressionou o Ministro da Cultura, com isso é possível que a Justiça aceite um processo contra a apresentação, os deputados também pressionam o ministério para não apoiarem projetos sejam contra a Constituição Federal e o ECA.

Fonte: Virgulistas